Treinamento de Agentes Públicos para Operacionalização de Intermediação de Mão de Obra

Objetivo Geral: O presente projeto visa capacitar novos agentes públicos para atuar nos Pontos Avançados das Agências do Trabalhador do Paraná quanto aos programas da Coordenação de Gestão do Trabalho e Emprego.

Docentes:
  • João Edison de Miranda
  • Cristiano Luz Menezes
  • Vilson Marques da Silva
Conteúdo Programático:
  • Aspectos gerais da IMO
  • Abertura
  • Classificação Brasileira de Ocupação
  • Cadastro do Empregador
  • Cadastro da Vaga
  • Cadastro do Trabalhador
  • Cadastro x Discriminação
  • Consulta de Vagas
  • Encaminhamento do Trabalhador
  • Programa da Pessoa com Deficiência - PPD Programa e Jovem Aprendiz
  • Convocação do Trabalhador
  • Administração de Vagas e de Encaminhamentos
  • Portal Mais Emprego WEB
  • Rotinas do Seguro-Desemprego
  • Rotinas Agência do Trabalhador
  • Cartão Futuro
Período de Inscrição:  27 de junho à 08 de julho de 2022.
Realização: de 20 à 22 de julho de 2022
Horário: das 08:30 às 17:30 - Uma hora de intervalo para almoço
Número de vagas: 25 vagas
Carga horária: 20 horas
Público-alvo: Qualificar os novos agentes públicos para prestarem atendimento na Agência do Trabalhador de Curitiba – após aprovação em processo seletivo na área de Intermediação de Mão de Obra.
Modalidade: Presencial
Local: Palácio das Araucárias

Sistema de Plantio Direto de Hortaliças 

 

Instituição proponente: IDR-Paraná 

Responsável pelo curso: João de Ribeiro Reis Junior (joaoreis@idr.pr.gov.br)- IDR- Paraná

Modalidade: Presencial 

Objetivo Geral: 

Capacitar sobre SPDH os Profissionais do IDR- PARANÁ, técnico em agropecuária e engenheiros agrônomos e profissionais de entidades parceiras.

Descrição do Projeto:

A realização de Curso presencial, visa solucionar as dúvidas mediante apresentações claras sobre o método do SPDH, permitindo que os profissionais ao final do treinamento tenham condições de praticá-lo junto aos agricultores assistidos.

Conteúdo Programático:

  • Definição Agenda do Curso, definição dos instrutores e ajustes

  • Concepção metodológica e técnico/científico do método SPDH

  • Evolução das plantas, suas capacidades e relações formando “cultura séssil”

  • Iniciando o SPDH

  • Avaliação participativa do perfil cultural do solo em SPDH.

  • Fisiologia da produção e nutrição mineral de plantas

  • Produção de mudas de hortaliças em SPDH

  • Cultivo de Brássicas em SPDH

  • Produção de tomate em SPDH

  • Avaliação do curso e encaminhamentos

Público-alvo: Profissionais da área (técnicos agrícolas e Agrônomos)

Carga Horária: 24 horas

Vagas: 60

Período de inscrição: 06 de junho  à 21 de junho de 2022

Data de realização dos encontros presenciais: 21 de junho à 22 de junho de 2022

Docentes:

Jamil A. Fayad

João de Ribeiro Reis Junior

Jucinei J. Comin

Marcelo Zanella


Fiscalização da Regularidade Ocupacional e da Exploração Efetiva de imóveis financiados com recursos do Fundo de Terras e da Reforma Agrária no âmbito do PNCF Terra Brasil no Estado do Paraná

Objetivo Geral:

    I - Estabelecer parceria com a Unidade Estadual para execução descentralizada do Plano de Fiscalização.

    II - Estabelecer um plano de ação para a fiscalização conforme demandado (EXTRAORDINÁRIA ou AMOSTRAGEM).

    III - Estabelecer os alvos a serem fiscalização.

    IV - Identificar o quadro regular (listas do projeto ou associação) a ser fiscalizado.

    V - Apresentar o mapa de parcelamento atual da área com indicação dos números dos lotes e de seus respectivos ocupantes.

    VI - Verificar se o projeto produtivo previa a implantação da atividade visando constatar a efetiva implantação.

    VII - Verificar a se houve a liberação dos recursos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar – PRONAF - A e demais custeio Pronaf – A/C no projeto ou associação a ser fiscalizado.

Objetivo Específico:

    I - Realizar a Fiscalização Ocupacional e a Exploração Efetiva lote a lote no imóvel rural do (projeto individual ou associação).

    II - Realizar fiscalização de forma dirigida com caráter notificador.

    III – Realizar reuniões técnicas diárias ao término da fiscalização se necessário, visando ajustar o material utilizado em campo e conferir o trabalho realizado pelos agentes fiscais.

    IV - Apresentar relatório técnico individualizado de todos os lotes (do projeto ou associação) que foi fiscalizado, indicando os beneficiários titulares originários e ocupantes irregulares e qual a exploração constatada com fotos (em anexo).

    V - Instaurar procedimento administrativo para apuração caso haja indícios de irregularidades sob o rito da Norma de Execução SRA/MDA nº. 01, de 29 de junho 2011, utilizando subsidiariamente a Lei nº 9.784/1999, assim como a Portaria Ministerial nº. 26/2008.

    VI – Atentar-se, no âmbito dos processos, às disposições da Lei de Acesso à Informação (Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011), a Portaria SAF/MAPA nº. 51 de 21 de janeiro de 2021 e da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais – LGPD nº. 13.709, de 14 de agosto de 2018, que disciplina a proteção de dados pessoais e que tem por objetivo proteger os direitos fundamentais de liberdade.

    VII - Informar o gestor nacional do Departamento de Gestão do Crédito Fundiário - DECRED as medidas adotadas.

 Conteúdo Programático:

    A capacitação será composta por momentos de exposição teórica (no CDT do IDR) e momentos de visitas a campo nos municípios de Jataizinho, Londrina e Tamarana junto aos beneficiários do Programa Nacional de Crédito Fundiário – PNCF Terra Brasil

Docente:

Hebert Rodrigues Pereira

Ana Luiza Almeida Silva

Ana Cristina da Silva Bonan Fernandes

Tatiana Teles Farina

Flavio Cesario Peixoto.

Período de Inscrição: 27 de maio até 30 de junho de 2022.

Data de realização: 04 a 08 de julho de 2022

Local:

Centro de Difusão de Tecnologias do IDR - IAPAR/EMATER

Rodovia Celso Garcia Cid Km 375

Londrina - PR

CEP 86047-902

Fone: (43) 3376-2284

Número de vagas: 30

Carga horária: 40 horas

Público-alvo: Servidores públicos da Secretaria responsáveis pela fiscalização da execução dos contratos de financiamento do PNCF.

Modalidade: Presencial.

Capacitação de responsáveis técnicos – Certificação da produção de morangos

 Instituição proponente: Agência de Defesa Agropecuária do Paraná – ADAPAR

Modalidade: Presencial

Local: Auditório do Senar/PR  -  Rua Marechal Deodoro, 450 2o Andar  Centro  Curitiba-PR

Justificativa:

Uma dieta rica em horti-frutis é indispensável para uma alimentação saudável. Entretanto, boa parte da população considera inseguro consumir algumas frutas, como o morango, por considerá-los potencialmente contaminados por agrotóxicos.

Nesse cenário, a certificação da produção, fundamentada nas ações de Responsáveis Técnicos capacitados, objetiva possibilitar que o produtor rural que seguir as boas práticas agrícolas, produzindo morangos mais seguros para ao consumo, possa ter seu produto diferenciado e valorizado no mercado. Ao mesmo tempo, o consumidor poderá distinguir e optar por esse produto certificado.

Objetivo Geral: Capacitar o público externo (Engenheiros Agrônomos, Técnicos Agrícolas ou Técnicos em Agropecuária), para atuarem como Responsáveis Técnicos na certificação da produção de morangos, disponibilizada pela Adapar e entidades parceiras.

Objetivo Específico: Capacitar o público externo (Engenheiros Agrônomos, Técnicos Agrícolas ou Técnicos em Agropecuária) nos aspectos legais do protocolo de produção de morangos, como requisito para atuarem na certificação da produção de morangos, disponibilizada pela Adapar e entidade parceiras.

Conteúdo Programático:

- Objetivo e vantagens da certificação da produção, noções sobre a execução dos itens do protocolo,

- Legislação sobre uso do solo agrícola, material propagativo, fertilizantes, uso e armazenamento de agrotóxicos, receituário agronômico, sistemas SIAGRO e SDSV, coleta de amostras e análise de resíduos de agrotóxicos.

Data de realização: 07/06/22

Número de vagas: 20

Carga horária: 8 horas

Público-alvo: público externo (Engenheiros Agrônomos, Técnicos Agrícolas ou Técnicos em Agropecuária)

 

 

Sistema de Plantio Direto de Hortaliças 

Instituição proponente: IDR-Paraná 

Responsável pelo curso: João de Ribeiro Reis Junior (joaoreis@idr.pr.gov.br)- IDR- Paraná

Modalidade: Presencial 

Objetivo Geral: 

Capacitar sobre SPDH os Profissionais do IDR- PARANÁ, técnico em agropecuária e engenheiros agrônomos das Casas Familiares Rurais e da EPAGRI

Descrição do Projeto:

A realização de Curso presencial, visa solucionar as dúvidas mediante apresentações claras sobre o método do SPDH, permitindo que os profissionais ao final do treinamento tenha condições de praticá-lo junto aos agricultores assistidos.

Conteúdo Programático:

  • Concepção metodológica do SPDH;
  • Cooperação e a práxis do SPDH;
  • Iniciando o SPDH;
  • Fisiologia da produção e nutrição mineral de plantas;
  • Produção de mudas e Brássicas em SPDH;
  • Produção de tomate, cucurbitáceas e Cebola em SPDH.

Público-alvo: Profissionais do IDR-Paraná, EPAGRI e Casa familiar, que atuam na extensão e Pesquisa do Paraná e Santa Catarina. O Curso será realizado no município de União da Vitória, com participação de profissionais de várias regiões dos estados. 

Carga Horária: 23 horas

Período de inscrição: 13/05/2022 a 17/05/2022

Data de realização dos encontros presenciais: 18 e 19/05/2022

Docentes:

Jamil A. Fayad, Engº Agrº, M.Sc. – Instituto SPDH

José Eustáquio Pereira, Engº Agrº - IDR-Paraná

Marcelo Zanella, Engº Agrº, Epagri – GRF –SC

Pedro Ivan Christofolli, Engº Agrº, Dr. UFFS Laranjeiras

Valdemar ARL, Engº Agrº, Dr. – Instituto SPDH

 

Novo Decreto Estadual 10.499/2022

Modalidade: presencial

Local: Auditório Mário Lobo - Palácio das Araucárias 

Objetivo Geral: Explicitar as mudanças ocorridas na legislação com a aprovação do novo Decreto Estadual 10.499/2022.

Objetivo Específico: Apresentar as mudanças ocorridas na Lei para os técnicos das secretarias de Urbanismo e de Meio Ambiente dos municípios da Região Metropolitana de Curitiba.

Realização: Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba - Comec